27 fevereiro 2011

AIDS - Campanha mobiliza mulheres jovens na prevenção da aids

O foco das ações neste Carnaval são as meninas e mulheres dos 15 a 24 anos. Campanha também incentiva a testagem rápida

 
Foto: Renato Oliveira/Ministério da Saúde
Ousadia para falar às jovens na faixa etária de 15 a 24 anos sobre prevenção às DST, aids e hepatites. Esse é o tom da campanha do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde para o carnaval de 2011, lançada nesta sexta-feira (25) na quadra da Escola de Samba do Salgueiro, no Rio de Janeiro. A ideia é que as mulheres possam incentivar o parceiro a usar a camisinha nas relações. A medida visa tê-las como aliadas da Saúde para sensibilizar a geração atual a se cuidar e fazer sexo protegido. A campanha também foca a testagem do HIV. 

“As meninas entre 15 e 19 anos estão entre os grupos mais vulneráveis ao HIV/aids. Por isso, a campanha busca dialogar com essas mulheres e meninas. Para fazermos esta campanha, pesquisamos o que elas sentem. E elas sentem que, se pedem para usar camisinha, vão ser mal vistas. Têm medo de perder o namorado e o carnaval”, disse o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, no lançamento. “Usar camisinha não é desrespeitoso. Não existe nada mais respeitoso do que perder a vida”. 

O ministro submeteu-se ao teste rápido para diagnóstico do HIV. A intenção foi mostrar à sociedade a importância de um simples furo no dedo para o diagnóstico precoce da doença. “Não dói, é sigiloso, rápido e seguro”, ressaltou Padilha. O cantor pernambucano Reginho, autor da música “Minha Mulher Não Deixa Não”, também participou do lançamento. O ritmo vai embalar os jingles da campanha do Ministério da Saúde neste carnaval. 

Alinhadas com o Dia Internacional da Mulher, as mensagens da campanha sugerem mudança de hábito na forma como a população geral lida com questões como confiança e entrega. Entre os fatores que fazem com que a mulher abandone o uso de preservativos estão mitos relacionados à falsa percepção de segurança nos parceiros: a necessidade de provar que ama o parceiro ou que confia nele, a idealização romântica, o julgamento pela aparência, a vontade de se entregar. 

A campanha exalta a participação das jovens na negociação do uso do preservativo, demonstrando que o insumo pode ser um aliado na relação. Veiculadas nos meios de comunicação durante a maior festa popular brasileira, as peças serão voltadas principalmente às mulheres de baixa renda. 

Pela primeira vez, a campanha é dividida em três filmes, a serem transmitidos pela TV e internet em momentos distintos. No primeiro, antes do carnaval (de 25 de fevereiro a 04 de março), um grupo de amigas lembra a importância de ter a camisinha. No segundo, durante a festa (de 5 a 8 março), elas reforçam o uso do preservativo na hora da relação. Na veiculação do terceiro filme (9 a 20 de março), o mesmo grupo de meninas se encontra depois da folia e orienta quem fez sexo desprotegido a realizar o teste de aids. Para ver as peças da campanha, acesse o link: www.aids.gov.br/campanha/carnaval-2011 . 

MAIS MENINAS COM AIDS – O alerta ao público jovem sobre vulnerabilidades ao HIV/aids ampara-se em dados epidemiológicos do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais da Secretaria de Vigilância em Saúde. De acordo com o Boletim Epidemiológico 2010, os casos de aids em homens e mulheres jovens, de 13 a 19 anos, de 1980 até junho de 2010, correspondem a um total de 12.693. Nessa faixa etária, o número de casos de aids é maior entre as mulheres: oito casos em meninos para cada dez em meninas, enquanto que nas demais faixas etárias o número de casos de aids é maior entre homens do que entre mulheres. 

Em relação ao uso da camisinha, a Pesquisa de Conhecimentos, Atitudes e Práticas da População Brasileira (PCAP - 2008) mostra que, entre jovens de 15 a 24 anos, as meninas estão mais vulneráveis ao HIV. Em todas as situações, os meninos usam mais preservativo do que elas. Na última relação sexual com parceiro casual, o percentual de uso da camisinha entre as meninas é consideravelmente mais baixo (49,7%) do que entre os meninos (76,8%). Quando o relacionamento se torna fixo, apenas 25,1% delas utilizam a camisinha com regularidade; entre eles, o percentual é de 36,4%. 

FIQUE SABENDO – O teste rápido do Fique Sabendo, para diagnóstico do HIV, pode ser feito nos Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA) – veja endereços no link abaixo. Antes e depois da testagem, a pessoa passa por aconselhamento e orientação, com o objetivo de facilitar a interpretação do resultado. O teste deve ser feito no mínimo 30 dias após a situação de risco. Se o resultado for positivo, a pessoa pode fazer acompanhamento nos serviços de saúde e começar o tratamento no momento mais adequado. Esse cuidado se reflete na qualidade de vida de quem vive com HIV/aids. 

A recomendação vale para relação sexual desprotegida (inclusive sexo oral) e uso de seringas ou agulhas compartilhadas. As mulheres que desejam engravidar são aconselhadas a conhecer sua condição sorológica. A medida pode evitar a transmissão vertical do HIV e das hepatites (de mãe para filho). Mulheres com resultado positivo que iniciam o tratamento o quanto antes têm menos chances de passar as doenças para o bebê. 

Estimativas do Ministério da Saúde indicam que existem hoje no Brasil cerca de 630 mil pessoas vivendo com o vírus da aids. Dessas, 255 mil nunca teriam feito o teste e por isso não conhecem sua sorologia. 



video

05 fevereiro 2011

Dicas para calouros III



Você é calouro? Essa postagem foi feita pra você. Não pense que gostamos de calouros. Na verdade esse texto vai evitar vários aborrecimentos para os veteranos. A ideia é diminuir aquele monte de perguntas feitas por vocês. Afinal, existe bicho mais cheio de dúvida e deslumbramento que calouro. Aproveite. Você só é gente quanto entra na UnB. O que isso significa? Aproveite seus dias até o dia 21 de março. Vamos lá então:


1 - O que significa essa parada de créditos?
R - Cada crédito equivale a 15 horas/aula. Nesse primeiro semestre são ofertadas disciplinas de 2(uma aula por semana) e 4 créditos (duas aulas por semana), 30 e 60 horas/aula respectivamente. Para graduar o aluno precisa atingir um determinado número de créditos, específico para cada curso. No caso da Enfermagem, são 278 créditos para se formar, distribuídos entre disciplinas obrigatórias, optativas e módulo livre. Pelo fluxograma, são 214 créditos obrigatórios. O restante é dividido entre disciplinas optativas e módulo livre, sendo que para módulo livre o número máximo de créditos é 24. Fluxograma

2 - Posso mudar minha grade horária?
R - Por mais que a divulgação seja de que não pode, a verdade é que você pode sim. No matrícula web (3 a 11/03/2011) você fará sua matrícula tendo que aceitar a grade que te oferecerem. No período de ajuste(procure saber a data) vá até a FCE e tente retirar, ou incluir disciplinas diretamente com o coordenador do curso de Enfermagem, professor Carlos Eduardo. Isso não quer dizer que sua solicitação será aceita. Cronograma de matrículas

3 - Quais disciplinas são importantes?
R - Todas são, porém umas mais que as outras. Isso não se deve ao assunto que elas abordam, mas sim como elas te deixam no fluxo. Preste bastante atenção nessa parte.  No primeiro semestre a grade básica para Enfermagem é:
Saúde e Sociedade I: Introdução  às Ciências Sociais - SS 1
Epidemiologia Descritiva
Leitura e Produção de Textos Acadêmicos - LTPA
Do átomo a vida 1 - ATV 1
Das células aos sistemas 1 - CS 1
Biofísica
Contexto Histórico e Social da Enfermagem - CHSE

Analise o quadro abaixo.

Discip.
Discip.
Discip.
Discip.
Discip.
Discip.
Discip.
ATV 1
CS 1
SS 1
Epi. Desc.
CHSE
Biof.
LTPA
ATV 2
CS 2
SS 2
Epi. Analítica
SAE
Essas disciplinas não são pré-requisitos para nada. Pelo menos por enquanto.
ATV 3
CS 3

ICP 1/PTRI

CS 4
ICP 2/ Semiologia 1

ICP 3/ Semiologia 2
ICP 4
ICP 5
ICP 6

Percebam que se deixarem de pegar disciplinas que são pré-requisitos para outras em semestres seguintes, provavelmente você ficará atrasado no curso. O caso mais crítico é quando não se é matriculado em Contexto Histórico e Social da Enfermagem. Olhe no quadro o efeito cascata negativo que isso gera. Muitos alunos de Enfermagem costumam não ser matriculados no primeiro semestre nessa disciplina e isso com certeza te causará transtornos futuros. Portanto, caso não sejam matriculados nessa disciplina, corram atrás para que sejam. Incomodem o coordenador. Nas outras disciplinas geralmente a matricula ocorre sem problemas, mas lembro que Biofísica e LTPA, você poderá cursar em outros semestres, caso deseje.

4 - Existe restaurante universitário na FCE?
R - Não. Só existe no Darcy Ribeiro. O nosso campus só dispõe de lanchonete.


5 - Existe lugar onde posso almoçar perto da FCE?
R - Sim. Existe o restaurante Yakissoba, em frente à estação Guariroba do metrô (pertinho da FCE) e o Goianus, que fica a cerca de 800 metros do campus. Não é a melhor comida do mundo, afinal custa R$ 5,00. Existem outras opções no centro da Ceilândia,como o restaurante Pimenta Malagueta e o Barriga Cheia, mas ficam mais distantes. Para quem quiser levar comida de casa, o campus dispõe de UM forno microondas disponível a todos os alunos. Existe também a opção de se pedir comida nesses serviços de entrega. Você pode pedir no Giraffas(4003-1515) ou no próprio Pimenta Malagueta ( 3201-7554). Existem outras opções é claro. Procure se informar.


6 - Como faço para chegar ao campus?
R - O meio de transporte público mais fácil para acessar a FCE é o metrô. Desça na estação Guariroba. Assim que as aulas iniciarem, vá até a secretaria e solicite uma declaração de aluno regular e grade horária. Em seguida leve até o metrô para confeccionar sua ficha cadastral, garantindo assim a gratuidade do metrô.Quebra um galhão. 

7 - Existe previsão para a inauguração do novo campus?
R - Não. Se quiser acreditar nas datas informadas pelo GDF ou pela própria UnB, acredite. Mas o fato é que não existe data. Vai ser quando eles quiserem. Recentemente anunciaram que entregariam um dos prédios no inicio do semestre. Quero alertar que a FCE já está lotada. Sinceramente não sei qual será a solução adotada para receber mais 120 alunos. 

8 - Qual é melhor, o Darcy Ribeiro ou a FCE?
R - Não sei. Precisamos de muitas melhorias na FCE, mas não seja mais um daqueles alunos que ficam comparando o campus Darcy Ribeiro com a FCE. O Darcy tem mais de 40 anos. Ah!, você teve e ainda tem a opção de prestar o vestibular pra lá.

9 - Seremos bem recebidos pelos veteranos?


R - É claro que sim. Simpatia é nosso nome  e cordialidade o sobrenome. Você será tratado como merece, ou seja, como calouro. Se quiser saber como é, é só aguardar. Ah, lembro que calouro nem ninguém merece passar por alguns tipos de trotes adotados por certos cursos da UnB. Quanto a isso, fiquem tranquilos.



Por fim, é importante que todos saibam que nosso campus não é um lugar maravilhoso. Temos sérios problemas de estrutura, principalmente quanto a laboratórios. As salas de aula são muito boas, mas principalmente contamos com professores ótimos
 A pior coisa do mundo é ficar num lugar onde você não está satisfeito, que te incomoda, que te leva pra baixo. Se você for mais um desses, peço que lembre de um pensamento de um dos mais célebres sociólogos do cinema brasileiro, o agora Tenente Coronel Nascimento: "Pede pra sair "!
Outro ponto: Você está entrando num curso de Enfermagem. Se você quer ser médico, VAI FAZER MEDICINA CARAMBA.
Mais um ponto e esse é o mais importante de todos: Na FCE temos 5 cursos, mas nenhum tão completo como a Enfermagem. Assim, gostaria em nome de todos os veteranos deixar uma mensagem especial para as calouras. " Se você precisa de alguém que organize sua vida, uma pessoa de visão ampla. Procure um veterano de Saúde Coletiva. Se você precisa de alguém de pegada, procure um veterano de Fisioterapia. Se você quer alguém que tenha uma química legal com você, que seja o remédio para seus males, procure um veterano de Farmácia. Se você precisa de alguém que te ajude a superar obstáculos, dificuldades, procure um veterano de Terapia Ocupacional. Massssssss, se você não se contenta com pouco e precisa de alguém com todas essas qualidades, seus problemas acabaram. PROCURE UM VETERANO DE ENFERMAGEM!!!!!
Ps: Também é válido em relação a calouros e veteranas, mas muito cuidado, muito cuidado mesmo.

Sejam bem-vindos à nossa humilde CASA!!!!!

Cronograma de matrículas 1º/2011


Matrícula em Disciplinas (via internet)

a partir das 0h do dia 03 até às 22h do dia 11/03/2011


Matrícula em Disciplinas (via Coordenados de Curso)

3,4,10 e 11/03/2011


Matrícula em Disciplinas

Divulgação dos resultados (via internet a partir das 8h) 14/03/2011


Ajuste de Matrícula - Coordenadores - Análise de Pedidos 

14 e 15/03/2011


Ajuste de Matrícula - Coordenadores - Efetivação de Matrícula

16 a 18/03/2011


Ajuste de Matrícula - Estudantes - Retiradas de Disciplinas (via internet)

15 a 18/03/2011


Ajuste de Matrícula - Estudantes - Inclusão de Disciplinas com Vaga (via internet)

15 a 18/03/2011


Trancamento Geral de Matrícula (TGM - Automático) e Trancamento Parcial de Matrícula de Concessão Automática (TR)

Solicitação de: 21/03 a 19/07/2011


Ínicio das Aulas

21 de março de 2011


Fim das Aulas

Desempenho dos cursos no 1º vestibular de 2011

s

Foi divulgado nessa sexta-feira (04/02), o resultado no 1º vestibular de 2010. Dos 1985 aprovados, 122 irão preencher vagas dos  cursos de Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Gestão de Saúde e Terapia Ocupacional, todos oferecidos no Campus Ceilândia da Universidade de Brasília. Veja abaixo os argumentos mínimo e máximo para aprovação em 1º chamada.

Sistema Universal
Curso
Argumento Mínimo
Argumento Máximo
Farmácia
171,50
451,80
Enfermagem
164,60
330,40
Fisioterapia
120,30
279,10
Gestão de Saúde
-56,90
258,90
Terapia ocupacional
11,40
214,00

Sistema de Cotas
Curso
Argumento Mínimo
Argumento Máximo
Farmácia
47,60
262,10
Enfermagem
64,00
158,30
Fisioterapia
14,00
145,70
Terapia ocupacional
-138,00
96,70
Gestão de Saúde
-87,70
1,50